Archive for the ‘sugestões para uma saída fotográfica’ Category

Matosinhos "festas do senhor de Matosinhos"

Maio 28, 2009

continua até dia 07 de junho de 2009, esta que se intitula a maior romaria de portugal, não faltando bons motivos para fotografar nomeadamente para quem prefere actos mais populares à panóplia de acontecimentos culturais nestes dias, para além da romaria, dos “carroseis”, das várias vendas de rua, da decoração da igreja do senhor de matosinhos e das inúmeras iniciativas culturais, salientamos do programa oficial algumas acções de rua planeadas :
dia 30 de maio (sábado)
09:00 desfile de zés-pereiras, pelo grupo de bombos de santo andré, amarante, nas ruas de matosinhos
10:30 desfile de confrarias até aos paços do concelho
15:00 entrada no arraial e actuação no coreto do jardim basílio teles da banda velha de barroselas
19:00 encontro e exposição no jardim basílio teles de 4L’s
24:00 fogo de artíficio no porto de leixões, avenida duarte pacheco
dia 30 de maio (domingo)
08:30 desfile de 4L’s pelas ruas da festa
09:00 desfile de zés-pereiras, pelo grupo de bombos de santo andré, amarante, nas ruas de matosinhos
09:30 entrada no arraial e actuação no coreto do adro da misericórdia da banda de santo antónio de piães
16:00 procissão do senhor de matosinhos desde a av. d. afonso henriques ao monumento ao senhor do padrão e regresso à igreja paroquial
16:30 desfile dos participantes do festival internacional de folclore desde a câmara municipal ao parque 25 de abril seguida de actuação
dia 01 de junho (2a. feira)
21:30 noite de fados no parque 25 de abril
dia 02 de junho (3a. feira)
15:00 entrada no arraial e actuação no coreto do jardim basílio teles da banda de são cristovão de rio tinto
15:30 teatro infanto-juvenil e animadores circences no parque 25 de abril
19:00 fogo de bonecos e animadores circences no jardim do parque 25 de abril
dia 03 de junho (4a. feira)
21:30 canções de sempre no parque 25 de abril
dia 05 e 06 de junho (6a. feira e sábado)
21:30 animação musical no parque 25 de abril
dia 07 de junho (domingo)
16:00 folclore no parque 25 de abril
Anúncios

porto – Serralves em Festa

Maio 26, 2009


data : das 08:00 de sábado 30 às 24:00 de domingo 31 mai 2009
local : porto, portugal, fundação de serralves – casa, museu e jardins
preço : entrada livre durante as 40 horas

tendo como pano de fundo os 20 anos da fundação de serralves e os 10 do museu de arte comtemporânea aqui está a habitual edição anual do “Serralves em Festa”, nesta 6a. edição promete “40h non-stop e mais de 80 eventos”
pela experiência dos outros anos se quiser fotografar não falatarão motivos ao longo das 40 horas, para além do espaço em si a que já dedicamos alguns posts, há um conjunto de eventos e espectáculos e um mar de gente potenciando bons registos fotográficos
para além dos eventos conjuntos com o Fitei 2009 já divulgados encontra aqui o programa completo que inclui (em simultâneo) música, dança, performance, teatro e circo contemporâneo, visitas, cinema, vídeo oficinas para vários públicos e idades e actividades de família
o IPF foi mais uma vez escolhido, sabe-se lá porquê …, para dar uma componente fotográfica ao evento, assim a fotografia limitar-se-á à entrega gratuita de fotos a visitantes captadas por membros do IPF e a um jogo fotográfico (IPF Game) na Clareira dos Teixos pelas 10:00 e 19:00 de cada um dos dias
enfim sendo a fotografia considerada por muitos como uma das grandes componentes e apostas da contemporaneidade artistica parece-nos pouco mas é o que é …

santa maria da Feira – Imaginarius 2009

Maio 25, 2009


data : 28 a 31 mai 2009
local : santa maria da feira
Esta é uma outra sugestão para fotografar coincidente com o Fitei em tempo, na mesma área metropolitana e na forma de expressão artistica – o teatro, fazendo parecer que o calendário não nos brinda com 365 dias ao ano … não sei se a coincidência é propositada ou não o sendo quem é o “culpado” mas uma coisa é certa parece que nos meios artisticos por vezes se anda de costas voltadas, ainda por cima temos uma terceira coincidência com o Serralves em Festa, apetece gritar SENHORES ORGANIZEM_SE, enfim para quem se queixa que a cultura em Portugal anda mal fazem-nos ter que decidir e lá teremos que nos dividir
“O Imaginarius é a principal referência do teatro de rua em Portugal e fica nas rotas dos grandes festivais de teatro de rua do Sul da Europa – Tarrega (Espanha) e Aurillac (França) – com quem, aliás, tem vindo a estabelecer vínculos de parceria.” acrescentaria eu que é imperdível, os motivos para fotografar estão pelas ruas da Feira ao virar da esquina e são quase sempre surpreendentes
os La Fura dels Baus vão lá estar e também em espaço fechado como no Fitei, mas aqui com a sua última produção e por um preço bem mais económico
embora talvez não valha a pena fazer muitos planos mas simplesmente aparecer e fotografar para aqueles que gostam de planear aqui encontram o programa principal e o programa paralelo designado Imaginarius mais está aqui
boas fotos e encontramo-nos lá …

Fitei 2009

Maio 25, 2009

data : 26 mai a 10 jun 2009
locais : porto e matosinhos
a edição deste ano deste festival de teatro de expressão ibérica, traz-nos como habitualmente bons motivos para fotografar graças às várias iniciativas de rua que decorrerão entre a sua abertura a 26 de maio e o seu encerramento em 10 de junho, de salientar que este ano o festival alargou-se até matosinhos cidade onde seremos brindados com 2 espectáculos no encerramento, haverá ainda iniciativas conjuntas com o Serralves em Festa
pena que os La Fura dels Baus desta vez actuem em sala fechada
haverá ainda lugar a duas exposições de fotografia, uma das quais repescada no Teatro S. João e que são objecto de posts autónomos

“Businessclass” espectáculo ao ar livre com daça, cor e fogo~se-artificio onde se acompanha um grupo de sem-abrigo, pelo Nacho Vilar Producciones de Múrcia, Espanha. Duração 60 minutos
– 29 mai 2009 16:00 r. sta. catarina / batalha
– 30 mai 2009 12:30 serralves (integrado no serralves em festa)- 31 mai 2009 18:00 serralves (integrado no serralves em festa)

“Asas” espectáculo aéreo que explora poeticamente com técnicas verticais a relação com as estruturas arquitectonicas, explorando o sonho humano de voar pelo Cia dos Pés de São José do Rio Preto, Brasil. Duração 40 minutos
– 05 jun 2009 22:00 torre dos clérigos

“A Invasión Pirata” espectáculo de animação de rua com piratas iteragindo com o público pelo Troula Animación de Vigo, Espanha. Duração 90 minutos
– 10 jun 2009 21:45 matosinhos

“Voalá!” espectáculo experimental de dança com recurso a movimento, imagem, som e música ao vivo sobre ´quatro executivos que fruto de perderem o último transporte para casa vivem uma noite diferente e inesquecível pelo Voalá! Companhia de Teatro Aéreo de Alicante, Espanha. Duração 45 minutos
– 10 de junho 23:15 matosinhos

“St. James Street Band” o jazz dos anos 20 e 30 dos EUA em espectáculo de rua grupo da Galiza, Espanha
– 26 mai 18:00 batalha e s. bento
– 27 mai 18:30 metro da trindade
– 10 jun 20:30 matasinhos
“Diabos à Solta” exercícios performativos pelos alunos da ESAP alunos de Roberto Merino
– em várias datas e espeços do porto

porto e gaia – reconstituição das invasões francesas

Abril 30, 2009

data : 09 a 10 maio 2009 (sábado e domingo)
integrado nas comemorações do bicentenário das invasões francesas (guerra peninsular) a AMP (área metropolitana do porto) e a ANP (associação napoleónica portuguesa) (*) vão organizar uma recriação histórica da Batalha do Porto travada a 12 de maio de 1809, que será decerto fértil em motivos e momentos para registo fotográfico
as reconstituições e locais serão as seguintes :
– dia 09 das 11:30 às 12:30 desde a Cadeia da Relação (CPF) até à Ribeira – desfile das forças presentes (das 12:30 às 13:00 haverá uma cerimónia junto às alminhas da ponte)
– dia 09 das 21:30 às 23:30 desde Regimento Artilharia 5 ao Cais de Gaia – combate nocturno evocativo do recuo das tropas francesas perante o exército luso-inglês e escaramuças que antecedem a batalha do porto (das 12:30 às 13:00 haverá uma cerimónia junto às alminhas da ponte)
infantaria e artilharia com ínicio no RA5 confrontos e escaramuças na Av. diogo Leite
– dia 10 das 11:00 às 13:00 nas Ribeiras do Porto e Gaia – confrontos entre as tropas cada uma na sua margem com disparos de peças de artilharia nas duas margens, desembarque de tropas vindas em barcos rebelos, travessia das tropas pela ponte d. luis, recuo do exeército francês até ao largo da senhora do ó, posterior formatura das unidades presentes
(*) com o apoio das câmaras do porto e v.n.gaia, grupo de recriação histórica do municipio de almeida, exército, taylor’s, graham’s, stcp e tmn

A Guerra das Almofadas chega ao Porto

Abril 3, 2009

iniciativa de um recém-formado “grupo cheio de gente que só pensa em pegar na rotina das pessoas e virá-la ao contrário, tudo num ambiente de diversão e estranheza, tanto para nós como para os pobres incautos que nos apanharem em acção” e “tomando a deixa do “Tommy the Cat” e de grupos como o Improv Everywhere vai ser reproduzida na invicta, uma guerra de almofadas a exemplo de iniciativas homólogas já realizadas um pouco por todo o mundo e mesmo no nosso país.

o local será a avenida dos aliados no próximo dia 04 de abril 2009 (“o Dia Internacional das Lutas de Almofadas “?) a partir das 18:00 exactas.

segundo os promotores incentiva-se a tomada de fotografias e a sua posterior publicação on-line, devendo mesmo os fotógrafos ter “protecção especial”.

mais informações em http://invictados.blogspot.com/2009/03/batalha-de-almofadas-porto-2009.html

os autores quererão aparentar uma acção surpresa, pelo que pedem aos potenciais participantes que levem as almofadas – de penas preferencialmente – escondidos só as tirando à hora marcada e que respondam a qualquer pergunta dando a entender que estão ali “por acaso”

boa sorte, pessoalmente se estiver no porto neste dia não serei um lutador mas tentarei captar uns inéditos …

22 Março – saída fotográfica à casa-estúdio de Carlos Relvas

Março 20, 2009

como decerto se recordam esta saída esteve anteriormente agendada para o passado dia 01 de março, tendo registado mais de duas dezenas de adesões, infelizmente as previsões metereológicas aconselharam a um adiamento desta iniciativa que esperamos agora seja ainda mais populada. este encontro de fotógrafos, amigos e familias será não só um ponto de convívio mas também uma forma de conhecermos uma das pérolas do património fotográfico português, a casa-estúdio de Carlos Relvas na Golegã, um fotografo amador português que viveu no séc. XIX (1838-1894) e que foi inovador no seu tempo, teremos claro oportunidades para fotografar e partilharmos ideias e conhecimentos. posteriormente organizaremos uma tertúlia para sedimentar conhecimentos com base numa selecção de fotografias de cada participante
todos são bem-vindos, confirma a tua peresença :

não há qualquer custo de organização, as únicas despesas serão as de deslocação (partilhada), almoço e entrada no museu pagas directamente e outras de carácter pessoal
já temos confirmada uma visita guiada, o preço de entrada no museu (Casa-Estúdio) será de 3.15 € por pessoa, os reformados, professores e estudantes pagarão apenas 1.5 € e os menores até aos 12 anos entrarão gratuitamente
onde ? casa-estúdio Carlos Relvas (fotografo português entre 1838-1894) – Golegã, Portugal
transporte ? em viaturas partilhadas

programa provisório – 22 de Março de 2009

– cerca das 08:15 – concentração no Porto, briefing e distribuição pelas viaturas
– paragem fotográfica em local a definir
– almoço
– visita guiada à casa-museu e actividades na mesma
– sessão fotográfica em local a definir
– regresso a casa
em dia posterior
– selecção de x fotos por participante (a cargo do mesmo)
– tertúlia fotográfica colectiva com debate sobre as fotos que cada um selecionou
infos :
– para quem não for do Porto haverá outros pontos de concentração
– a casa situa-se a cerca de 240 Km do Porto, a generalidade dos quais por Auto-Estrada
Carlos Relvas foi homem de sete ofícios e entre eles fotógrafo amador que levava os seus vinhos e … as suas fotografias às exposições internacionais Mais informação e tb galeria fotográfica no site da Casa-Estúdio Carlos Relvas (na Golegã): http://www.casarelvas.com/site/pt/php/obra.php

é carnaval … ninguém leva a mal

Fevereiro 21, 2009


fotos de Laurindo Almeida do carnaval de Lazarim (Lamego) – “o mais genuino de Portugal” em 2008
bom tempo, sol qb, gente divertida e mascarada um pouco por todo o país haverá melhor motivo para tirar o pó ao nosso equipamento ?
bem e poderemos sempre participar no concurso lomográfico, neste caso impõe-se usar este tipo de equipamento que pode ser emprestado (ver post anterior)


boas fotos a todos e … bom carnaval

as letras da nossa cidade

Fevereiro 17, 2009

“Foz do Dourocomposição de Susana Almeida com base em fotos de sua autoria de letras na cidade
para um designer de comunicação a fotografia é muitas vezes a matéria prima para a sua obra, para o fotógrafo por outro lado as cidades, vilas e aldeias são um manancial de pormenores que os seus olhos atentos podem e devem registar
a fotografia temática de que o captar do lettering existente em profusão pode ser um bom exemplo tem sido mesmo a linguagem fotográfica utilizada por alguns dedicando-lhe muito do seu tempo e efectuando exposições sempre de belo efeito de conjunto … um pouco ao tipo de coleccionismo, mas que capta quem as vai observar até por fazerem parte do seu dia a dia embora por vezes apenas subliminarmente retidas na memória
as letras que constroem a história das nossas cidades, são magnificos exemplos prestando-se ainda a uma certa antropologia visual que percorre as várias tendências e movimentos artisticos e técnicos ao longo do tempo
temos que ser rápidos, as “baixas” históricas estão cheias de bons exemplos mas em deterioração acelarada a que as dinâmicas (quando existem) comerciais vão substituindo, por outro lado alguns movimentos culturais usam este tipo de comunicação gráfica para intervenções efémeras que interessa registar com a vantagem de que não é preciso nenhum equipamento especial nem nenhuma zona em especial, por vezes estão mesmo à nossa porta …
conselho : não tenha pressa, provavelmente vai perder um bom par de horas numa rua captando assim as atenções de muita gente por isso tente não ir sózinho, principalmente para as zonas mais desertificadas ou degradadas ou então faça previamente um bom seguro do equipamento, tente captar pormenores e não tanto o enquadramento global, que se pode registar só para documentar esse mesmo detalhe
pode ser uma boa sugestão para uma próxima saída fotográfica – talvez a agendemos

profissões – Pizeiro

Fevereiro 9, 2009

o manel é (ou pelo menos era quando estas fotos foram obtidas) o pizeiro da varanda do sol, um dos mais antigos restaurantes italianos do porto, situado ali por cima da praia do ourigo e portanto com uma muita boa exposição sobre o atlântico e uma das primeiras praias de mar designadas por da foz do douro (embora após o rio ter desaguado)
um belo domingo de manhã disponibilizou-se para que lhe tirassemos (eu e a susana) um conjunto de fotos que ilustrassem a sua profissão
penso que esta é uma boa temática para quem anda à procura de motivos onde expressar a sua “arte” fotográfica, o registo das profissões actuais, até porque muitas vão nascendo e/ou desaparecendo mais rapidamente do que por vezes nos detemos para as obervar
todas as fotos foram obtidas numa muito curta sessão, sem preparação prévia e sem recurso a qualquer tipo de iluminação artificial, nem mesmo o uso de difusores, espelhos ou outros artificios, simplesmente foi utilizada a luz existente no local e “ao natural”, o equipamento foi uma Nikon D3 a iso 1600, com uma lente 28-70 mm 2.8 também da Nikon