Archive for Outubro, 2009

votar em quem (no Porto) ?

Outubro 9, 2009

foto Miguel e Susana Almeida 2009

Nestas alturas “invejo” aqueles que têm fé ou militância partidária, é realmente muito mais cómodo na vida deixarmo-nos orientar, entregando-nos cegamente quer seja em termos ideológicos, espirituais, clubistas, filosóficos ou outros. Os gurus, os opinion-makers e outros estão lá para nos dizer em cada momento o que fazer e como proceder deixando-nos então livres para outras actividades … como a fotografia (mas mesmo aqui devemos é seguir as tendências da moda, assimilar umas receitas práticas ou pedir a alguém que nos regule o equipamento digital sofisticado que compramos precisamente porque … o podiamos regular exaustivamente !)
Pois mas há alguns reistentes, imbecis, “cãos sem dono”, intelectuais, e outros anormais (no sentido estatistico do termo) que teimam em tentar seguir caminhos pessoais, enfim uns chatos que querem pensar, reflectir e por vezes até descobrir coisas novas, esses degenerados são os que têm a mania de querer saber quem são os candidatos, o que pretendem fazer e coisas dessas sem nenhum interesse prático !
Mas voltemos à linha principal deste escrito, para mim que nunca me filiei em qualquer partido e não milito em qualquer um destes, as eleições autárquicas deveriam ser um acto ainda mais nobre e de decisão fácil que as legislativas. Desde logo porque se podem candidatar grupos de cidadões não afectos a partidos e depois porque deveriamos ter uma eleição de proximidade escolhendo as pessoas e respectivos programas que melhor pareçam servir a nossa autarquia.
Ora eu que habito na freguesia de Ramalde no Porto, e terei que no domingo entregar 3 votos, e que não me considero uma pessoa desinteressada da realidade social e do meu meio deparo-me com uma situação deveras curiosa e interessante :
– Junta de Freguesia- não sei quais as listas apresentadas a sufrágio ! Não sei qual a composição de cada lista e muito menos conheço os seus programas, a única informação que fizeram o favor de me fazer chegar foram 2 folhetos genéricos das candidaturas concelhias do PSD/PP e do PS, onde percebi que o actual presidente da junta se recandidata pela primeira e um antigo presidente pela segundo, mas quem são os restantes membros destas candidaturas e o que pretendem fazer na freguesia ? Que outras listas concorrem e com quem ? Eu não sei e espero que alguém saiba …
– Assembleia Municipal e e Câmara, a informação que possuo é a mesma, mas aqui os orgãos de comunicação e um debate promovido pela Campo-Aberto fizeram-me perceber que para a Câmara há 5 candidaturas de que conheço o primeiro candidato e os nomes de alguns dos restantes em duas delas, mas decomheço a ordem nas listas. Enfim nesses debates pude perceber alguma coisa do que cada um pretende. Dos 5, a candidatura do MRPP de que só conheço o nome do cabeça de lista e nada mais parece uma carta fora do baralho, a sua apatia e falta de opinião e conhecimento manifestado nas intervenções públicas permite-se só considerar as outras 4. Todos me parecem sinceramente bem intensionados mas isso não chega, vejamos :
a. Rui Rio que foi lançado pelo PSD há 8 anos “só para dizes que não apresentava ninguém” já que a eleição era considerada perdida para Fernando Gomes e que para surpresa do próprio partido ganhou, pelo castigo que os portuenses resolveram dar a Gomes pelo desrespeito pela palavra dada e pela petulância do senhor. Gomes decerto agradeceu e lá “coitado” foi colocado nuns “jobs for the boys” como a Administração da Galp onde se atribui a si próprio lucros de milhões em desrespeito por quem trabalha neste país e esquecendo os tais principios “socialistas” que se calhar nunca teve. Mas voltemos a Rio, eleito por acaso, este menino que parecia conhecer da cidade apenas o colégio alemão, dividiu os portuenses, conflituou os cidadões hostilizou o maior clube da cidade (w no presente com maiores êxitos no país e no mundo) , parou a cidade, afastou a generalidade das associações culturais, desportivas, etc., deixou empobrecer a cidade e a região. Rodeou-se de gabinetes e consultores pagos a peso de ouro, entrou em inúmeros processos litigiosos e descaraterizou a cidade, que teimosamente teima em resistir principalmente pela mão de muita da juventude que as universidades vão formando bem como dos turistas que a Ryanair vai trazendo, colorindo uma cidade que vai caindo aos pedaços de tão abandonada parece estar;
b. Elisa Ferreira independene aparece numa candidatura cheia de apoiantes sonantes, de habitantes do Porto que aprendemos a respeitar, mas apesar da competência técnica que penso lhe reconhecermos aparece exaltada e nervosa numa campanha em que o PS parece ter abandonado e aparentemente um pouco desligada das arruadas tão em voga. As suas propostas aparecem confusas e pouco explicadas, refém das politicas do partido que a diz apoiar e nem consegue fazer passar coisas tão simples como a de que foi o PS que criou o agora tão discutido “parque da cidade”
c. Rui Sá. com experiência de trabalho na Câmara, tem poucas ou nenhumas hipóteses de chegar a presidente terá sempre contra ele o afcto de o seu partido e ele prórpio terem apoiado Rio no primeiro executivo permitindo a Rio a maioria. Hoje diz-se traído por Rio não ter cumprido as promessas que lhe fez. Apresenta-se como o vereador mais interventivo e com mais propostas feitas
d. e por último Teixeira Lopes que tenta que o BE tenha o seu primeiro mandato na Câmara
Sinceramente o que me apetece é não votar ou votar em branco devolvendo assim aos politicos a não informação e debate com que nos brindaram no porto e em Ramalde ! Se tivesse filiação ou fosse simpatizante dum partido como cemecei por dizer era fácil a “não escolha”, nesse caso que me interessava quem são os candidatos e quais as alternativas, qual a lista completa e qual a ordem dos seus componentes. Já tinham decidido por mim e eu só tinha que ser “yes man” e colocar a cruzinha no “MEU” PARTIDO (ou COLIGAÇÂO COM O MESMO).
Mas como não tenho partido e quero continuar a decidir e continuo a defender a nossa participação lá terei que tentar descobrir o que não me informaram nem que seja à porta da Assembleia de voto. E para a Câmara tentar votar em alguém que possa ajudar a mudar e arejar a cidade que vem precisada está …
Anúncios

mais Nobel nas nossas fotos …

Outubro 7, 2009

@ laurindo almeida 2009

a Academia das Ciências Sueca premiou este ano com o Nobel da Física 2009 3 cientistas pelos seus trabalhos no campo da luz, designando-os como “os mestres da luz”, luz que é nosso “objecto” de trabalho também …
Assim Charles Kao foi distinguido pelos “avanços no domínio da transmissão da luz em fibras para a comunicação óptica”, e Willard Boyle e George Smith pela “invenção de um circuito semicondutor de imagens, o sensor CCD” – é mesmo esse em que está a pensar !
Bem se fossem portugueses ficaria descansado pois finalmente tinham recebido uma boa recompensa monetária pelo seu trabalho cientifico, mas como baseiam o seu trabalho na terra do tio Sam presumo que este aspecto já não é o mais importante.
Os fotógrafos agradecem o contributo e as alterações que trouxeram ao seu trabalho …

lembram-se da Jane Birkin ? (actualizado)

Outubro 7, 2009


fotos clonadas da net JaneBirkin no file Wonderwall e marketing do filme Boxes
… aquela inglesa (que muitos julgam francesa …) de voz doce e sensual que em 1969 nos trouxe com Serge Gainsbourg uma canção logo por cá (e não só) proibida cheia de sensualidade que finalizava com um orgasmo simulado. “Je t’aime moi non plus” tinha sido inicialmente escrita e gravada com Brigitte Bardot mas esta pediu a sua não publicação.
Jane Birkin tinha sido “a loira” do filme de Antonioni “Blow-up” (1966) e foi mãe da fotógrafa Kate Barry (http://www.r-g-m.net/#/kate_barry/) do seu primeiro casamento com John Barry.

fotos de Kate Berry (retrato de Charlotte Gainsboroug outra filha de jne Birkin, cantora; anúncio para La redoute e foto de jane Birkibn)
Jane Birkin, que tem toda a sua vida intimamente ligada ao cinema, está em portugal para participar na 10a. festa do cinema francês que o Instituto Franco-Portugais está a organizar.
Hoje dia 07 de Outubro 2009, pelas 18:30 no Cinema São Jorge. haverá uma sessão especial do seu filme Boxes, de 2007, em que jane (realizadora e actiz no mesmo) estará presente para uma conversa com o público. No dia 12 de Outubro o filme será rexibido no mesmo cinema.
Dia 08 de Outubro pelas 21:00 no C.C.B. Jane Birkin dará um concerto ao vivo intitulado “Entre Gainsbourg et Birkin”.

(pequeno) tributo a Mercedes Sosa

Outubro 4, 2009


© Laurindo Almeida 2009

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me dio dos luceros que cuando los abro
Perfecto distingo lo negro del blanco
Y en el alto cielo su fondo estrellado
Y en las multitudes el hombre que yo amo.

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me ha dado el sonido y el abedecedario
Con él las palabras que pienso y declaro
Madre amigo hermano y luz alumbrando,
La ruta del alma del que estoy amando.

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me ha dado la marcha de mis pies cansados
Con ellos anduve ciudades y charcos,
Playas y desiertos montañas y llanos
Y la casa tuya, tu calle y tu patio.

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me dio el corazón que agita su marco
Cuando miro el fruto del cerebro humano,
Cuando miro al bueno tan lejos del malo,
Cuando miro al fondo de tus ojos claros.

Gracias a la vida que me ha dado tanto
Me ha dado la risa y me ha dado el llanto,
Así yo distingo dicha de quebranto
Los dos materiales que forman mi canto
Y el canto de ustedes que es el mismo canto
Y el canto de todos que es mi propio canto.

Violeta Parra