Archive for Março, 2009

Contributos para a História da Fotografia em Portugal : uma perspectiva

Março 31, 2009


ciclo de conferências no IPF-Porto R. Vitória 179 4050-634 Porto
28 abr 2009 21:30 A origem da fotografia no Porto : visão crítica dos percursos – Teresa Siza e Maria Carmo Serén
próximas conderências deste ciclo :
31 mar 2009 21:30 Estórias da Fotografia no Porto – António Manuel Morais (já realizada)
12 mai 2009 21:30 a importância da associação fotográfica do Porto
26 mai 2009 21:30 o grupo IF – Ideia e Forma
30 jun 2009 21:30 o Núcleo de Fotografia do sindicato dos Bancários do Norte – um exemplo de dinamismo
21 jul 2009 21:30 a formação em fotografia no Porto
“A história da Fotografia do Porto é uma riqueza quase desconhecida e em risco de se perder da memória da cidade. O ciclo (…) pretende iniciar a colheita de dados para a elaboração desta história (…) É um programa que deve ser caro não só para os fotógrafos portuenses como a todas as pessoas que estimam a preservação do património cultural do Porto. Organizado por António AMnuel Morais, este ciclo de conferências é constituido por seis sessões. sempre acompanhadas por uma exposição de fotografias.”
Anúncios

op37 – colectiva-"Afrontamentos 5"

Março 31, 2009

data: 07 mar a 11 abr 2009
local: porto-portugal, quase galeria – espaço t, rua do vilar 54/54A, , tel. +351 226081919,
espacot@espacot.pt, gps lat 41° 8’57.24″N; long 8°37’37.72″W
acessos: , estacionamento-
horário: seg a sáb 10:00-13:00 e 14:00-21:00
preço : entrada livre

nota : ver pf calendário global das exposições existentes no post calendário de exposições de fotografia
Pintura, Escultura, Fotografia, Desenho
“O colectivo Afrontamentos tem vindo a apresentar-se em diferentes espaços, de Sul a Norte (e por aí…),
integrando um número não regular, nem permanente… de artistas “residentes”. Além dos elementos que participam neste colectivo desde a 1ª edição, tem como característica endereçar convite a outros jovenscriadores portugueses e de outros países.
A edição 5 de Afrontamentos irá alastrar pela quase galeria, estendendo-se a outros espaços no EspaçoT…saindo para fora e dentro…afrontando as leis da gravidade curatorial…”

op35 – Manuel Casal Aguiar / Rui Lélis-"Povo, Lugares e Paisagens de Timor"

Março 30, 2009

data: 07 mar a 14 abr 2009
local: valbom-gondomar-, lugar do desenho-fundaçăo júlio resende, rua pintor júlio resende, 346, , tel. +351 224649061,
info@lugardodesenho.org, gps lat 41° 7’37.89″N; long 8°33’45.62″O
acessos: , estacionamento-
horário: ter a sex 14:30-18:30; sáb e dom 14:30-17:30(encerra feriados e agosto)
preço : 1 € (0,50 € estudantes e +65 anos)

nota : ver pf calendário global das exposiçőes existentes no post calendário de exposiçőes de fotografia

op32 – Giuseppe Martino-"Sguardi Indiscreti"

Março 30, 2009

data: 07 mar a 03 abr 2009
local: porto-portugal, galeria arte no cais, cais das pedras 8, 2o. esq. frente., , tel. +351 913058281, galeria@artenocais.net, gps lat 41°8’45.31″N; long 8°37’51.24″O
acessos: , estacionamento-
horário: ter a qui 16:00 ŕs 19:00; sex 16:00 ŕs20:00; sáb 16:00 ŕs 19:00
preço :
nota : ver pf calendário global das exposiçőes existentes no post calendário de exposiçőes de fotografia

op33 – Ângela Berlinde (Ângela M. Ferreira)-"Planet Caravan"

Março 30, 2009

data: 28 mar a 31 mai 2009
local: ermesinde-portugal, Fórum Cultural de Ermesinde, rua fábrica da cerâmica, parque urbano dr. fernando melo, tel. +351 229783320, cmagalhaes@cmvalongo.net, gps lat 41°12’54.27″N; long 8°33’12.02″O
acessos: , estacionamento-
horário: ter a qui 10:00 /13:00; 15:00/19:00; sex 10:00-13:00; 15:00-19:00 e 21:00-23:00; sáb 15:00-19:00 e 21:00-23:00; dom 15:00-19:00
preço :

nota : ver pf calendário global das exposiçőes existentes no post calendário de exposiçőes de fotografia

“Revestindo a forma de estreia, Ângela Berlinde, César Taíbo e valter hugo măe apresentam, pela primeira vez no Fórum Cultural de Ermesinde, uma mostra colectiva designada PLANET CARAVAN, na qual decidem abordar os quadrantes da irrealidade da viagem, enquanto fugaz seduçăo de um mundo que perde peso e adquire a leveza do paraíso. As obras surgem num espaço poético que combina as viagens cinematográficas de Ângela berlinde, com os reflexos da pintura “comics abstraction” de César Taíbo e a luminosidade esdrúxula das mulheres, nos desenhos valter hugo măe.
O projecto expositivo apresenta-se como uma reflexăo em torno das várias linguagens artísticas: a fotografia, a pintura o desenho, da forma como cada linguagem se revela particular no seu meio através do seu discurso próprio e como se inter-relacionam.
No universo denso de viagens de PLANET CARAVAN cruzam-se imagens captadas em inúmeras realidades, a poética da viagem no espaço equilibra-se com o entusiasmo e o espanto da navegaçăo quer no espaço, quer nas oscilaçőes entre o real e o sonho. Trata-se da aglutinaçăo de várias viagens numa só viagem: a do devaneio. É uma viagem liberta da fatalidade do tempo cíclico, apenas aberta ŕ renovaçăo. Uma mostra de trabalhos que nos projectam para um ameno veludo intocável.”

op34 – Guy Tillim-"Avenida Patrice Lumumba"

Março 30, 2009


data: 27 mar a 17 mai 2009 – visita guiada 16 ABR (Qui), 18h30, por Ulrich Loock (em inglês)
local: porto-portugal, serralves-museu de arte contemporânea, rua dom joão de castro 210, , tel. +351 226156500,
serralves@serralves.pt, gps lat 41° 9’35.40″N; long 8°39’35.35″W
acessos: autocarro: 201, 203, 207, 502, 504 e Circuito Turístico; metro : casa da música e transbordo para um dos autocarros referidos, estacionamento-parque 0,80€/hora no museu seg a dom: 10:00 – 19:00 (entrada pelo largo d. joão III)
horário: ter a sex 10:00 às 17:00; sáb, som e fer 10:00 àŕs 20:00
preço : domingos até ŕs 14:00 – entrada livre, estudantes ou jovens até 18 anos- entrada livre, restantes (2,5€ cratăo jovemn e maiores de 65 anos)
nota : ver pf calendário global das exposiçőes existentes no post calendário de exposiçőes de fotografia

“Săo muitas as ruas da África Central com o nome do político que se bateu pela independęncia do Congo, Patrice Lumumba, assassinado em 1961 com o auxílio da CIA. A obra de Guy Tillim consiste em cerca de 60 fotografias de grande formato de edifícios da arquitectura modernista de países como o Congo, Angola, Moçambique, o Benim e Madagáscar, que as potęncias colonialistas ergueram pouco antes da libertaçăo desses países. A sua obra aborda o fracasso das utopias de antigos dirigentes e as dificuldades enfrentadas pelos povos africanos no seu esforço para encontrarem um lugar próprio. Em Serralves, estas fotografias convidam o público portuguęs a confrontar-se com o seu próprio passado colonial. “

op31 – Susana Ribeiro-"Ten – fotografia e desenho"

Março 30, 2009

data: 07 mar a 30 abr 2009
local: porto-, galeria átomo, rua oliveira monteiro 314 r-ch, , tel. 351 220187960/912598789, , gps lat 41° 9’27.89″N; long 8°37’18.61″O
acessos: , estacionamento-
horário: seg e qua a sáb 10:00 ŕs 13:00 e 14:30 ŕs 20:00; dom 14:30 ŕs 20:00
preço : entrada livre
nota : ver pf calendário global das exposiçőes existentes no post calendário de exposiçőes de fotografia
“A essęncia do estilo retro está representada no trabalho de Susana Ribeiro, caracterizado por imagens e formas geométricas de cores contrastantes, utilizadas em todos os elementos representativos dos anos 70.
Toda esta ideologia de imagens representativas da década associadas ŕ decoraçăo, moda e cinema,é expressa nos seus trabalhos em diferentes áreas : pintura, desenho, fotografia e instalaçăo.
Aspectos de moda e decoraçăo retro ou vintage, que persistem até ŕ actualidade, adquirem um caracter ilusório entre a superficie bidimensional e o caracter tridimensional do inexplorado, interagindo na decoraçăo actual com a capacidade camaleónica de adaptaçăo a qualquer ambiente.”

Promoções Nikon na Bélgica

Março 26, 2009

Até 14 de junho de 2009 a Nikon na Bélgica oferece reembolsos na compra de material seleccionado (o rebate faz-se por envio de prova de compra e registo do produto). Exemplos :
– corpos – de 80 € num kit D90 a 500 € num corpo D3X
– lentes zoom – de 35 E numa AFS-VR 70-100 mm a 450 € numa AF-S VR 200-400/4.0 G IFED
– lentes fixas – de 25 @ na nova 50mm/1.4G a 550 € na AF-S VR 600/4 G IF ED
– flashs 25 € no SB-900 e 45 € no kit R1C1
E em Portugal ? “Nós por cá todos bem …” a avaliar pela fraca adesão à peticção por nós lançada a pedir melhores serviços Nikon em Portugal (http://www.gopetition.com/online/26220.html) …

Promoções Nikon em França

Março 26, 2009


Até 14 de junho de 2009 a Nikon em França oferece (desconto imediato na loja) :
– 150 € por compra de equipamento que custe entre 1500 e 1999 €
– 200 € por compra de equipamento que custe entre 2000 e 2499 €
– 250 € por compra de equipamento que custe entre 2500 e 2999 €
– 300 € por compra de equipamento que custe entre 3000 e 3499 €
– 350 € por compra de equipamento que custe entre 3500 e 3999 €
(ofertas acumuláveis …)
E em Portugal ? “Nós por cá todos bem …” a avaliar pela fraca adesão à peticção por nós lançada a pedir melhores serviços Nikon em Portugal (http://www.gopetition.com/online/26220.html) …

lx30 – Giuliano Bora-"LIGHTSCAPES"

Março 24, 2009

data: 14 mar a 10 abr 2009
local: lisboa-portugal, galeria colorida, rua costa do castelo 63, (entrada pela escadinhas do marques de ponte de lima 1A), tel. 351 211512142, colorida@colorida.pt, gps lat 38°42’47.84″N; long 9° 8’4.76″O
acessos: metro : martim moniz; eléctrico: 28, 12; autocarros 37, estacionamento-Portas do Sol – Alfama
horário: ter a sex 10:00 ŕs 19:00; sab 15:00 ŕs 22:00; dom 11:00 ŕs 18:00
preço :
nota : ver pf calendário global das exposiçőes existentes no post calendário de exposiçőes de fotografia

“Em LIGHTSCAPES, Giuliano Bora recria o seu envolvimento com a natureza e seus elementos com a ajuda da luz. Plantas, vegetaçăo e árvores săo
temas recorrentes e reconhecíveis. Construçőes abandonadas, esquecidas, partes permutáveis da existęncia enquanto tal, locais onde algo está
ocorrendo ou já se passou, como num filme.
Nas imagens fotográficas surgem novas formas de luzes, luminosidades mágicas, que se tornam parte e ao mesmo tempo origem da luz.
Mais do que o registo da natureza, o importante para Giuliano Bora é o registo da fracçăo da luz, dessa forma ŕ medida que a fotografia se torna uma experięncia cada vez mais pessoal, amplia o espectro do significado da experięncia de se conservar um momento em uma imagem.”